Árabes, japonesas e libanesas: o mundo do crochê no Instagram

Adoro o Instagram e uso muito para divulgar as fotos da Koki. Meu perfil é @raquelmedeiros2012 (é público, qualquer um pode seguir) e sempre que fotografo produtos da japa coloco a hashtag #croche e aparece aqui ao lado do blog.

Mas uma das coisas mais legais do Instagram não é publicar fotos dos produtos e divulgar a Koki. É saber que o crochê é paixão de muita gente ao redor do mundo e interagir com essas pessoas, que moram em locais como Japão, Líbano, Tailândia e outros países que estão bem longe do nosso. Quase todos os dias pesquiso a hashtag #crochet e curto fotos de peças em crochê bem interessantes. Se a pessoa tem muitas fotos sobre crochê, sigo o perfil também. A consequência disso é que essas crocheteiras vão ver quem curtiu suas fotos e curtem também as minhas fotos. Quando posto alguma foto no final da noite, logo depois as pessoas que moram no Brasil curtem a foto. Mas quando acordo vejo as curtidas do resto do mundo, que vão chegando durante a madrugada.

Através do Instagram descobri que existem mais pessoas apaixonadas por crochê e isso é mágico.

Para verem como é legal, fiz agora uma busca no Statigram (o Instagram não permite pesquisa no computador, só no smartphone) com a hashtag #crochet e vejam que interessante o resultado:

E você, curte o Instagram também?

Compartilhe isto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *