roupa

7 posts

Roupas para tartarugas? Sim!!!!!!

Quando era criança gostava de colocar roupas em bichos, era uma espécie de Felícia. Uma amiga tinha um gato, o Maurício, que a gente vestia uma saia estampada nele e se divertia (a gente, né, porque o gato devia odiar). Já tinha lido sobre a pessoa que faz roupas de crochê e tricô para tartarugas, mas agora achei a loja no Etsy, de onde tirei essas fotos. Se eu tivesse uma tartaruga certamente ela teria muitos modelitos.

tartarugas

A gatinha japonesa que é sucesso na web

gatinha

Uma história fofa que inclui uma gatinha e suas roupas de crochê:

Gatinha fica famosa na web após usar roupa de crochê para tratar lesão
por ÉRIKA KOKAY

Com uma história comovente, a gatinha Wasabi-chan é a sensação do momento na internet japonesa. Ficou conhecida no Twitter e no Instagram, depois que seu novo dono passou a publicar fotos das roupas fofas – porém um tanto desconfortáveis – do animal. Não, não é maldade. Há uma razão muito justificável por trás da vestimenta.
Eis a história: no último dia 2 de junho, a gata sobreviveu a um ataque de corvo. Foi resgatada logo depois por um homem que passava no local e levada a um hospital veterinário. Como as lesões incluíam uma fratura na mandíbula superior e a língua rasgada, foi necessário o uso de um cateter para a alimentação. Wasabi-chan, é claro, mexia no tubo o tempo todo.

Para impedir que ela tirasse o cateter de alimentação de sua boca, o novo “papai” passou a vestir a gatinha com roupas de crochê que limitavam seus movimentos. A estratégia não só deixou o bichinho incrivelmente fofo, como o ajudou a receber a nutrição necessária para se curar direitinho. O que é aquela roupinha de cogumelo, hein?
O salvador e novo dono de Wasabi-Chan tem documentado seu processo de recuperação no perfil @jessiepon do Twitter, onde já tem mais de 65 mil seguidores, e no @shimejiwasabi do Instagram, com mais de 15 mil fãs. Hoje, a gatinha passa muito bem.

Brincando de boneca

Outro dia vi uma matéria sobre uma estilista que cria roupas para Blythe. Já conhecia a boneca e já quis comprar uma, mas quando encontrei achei muito cara. Através do Facebook, consegui uma Blythe emprestada para poder criar uns modelitos. O nome dela é Louise e é filha da Laura, minha amiga.

Louise veio com sua mala, poltrona, uma boneca e um ursinho para passar uns dias com a Koki. Já comecei a criar umas touquinhas, mas ainda não tirei fotos oficiais para colocar na loja da Koki, o que deve acontecer nessa semana ainda, afinal Louise tem que voltar para a casa.

 

 

 

O problema é que brincar de boneca vicia e estou louca por uma Blythe para chamar de minha.